Skip to main content

Tadalafila: O que é, para que serve e como tomar

Já ouviu falar desse medicamento? Confira nosso artigo e descubra tudo sobre a Tadalafila.

Muitos homens passam pelo problema da disfunção erétil durante a vida adulta. Essa situação pode ser causada por diversos fatores, desde os mais simples como: uso excessivo de álcool, cigarro e remédios, até os mais complexos como problemas hormonais, psicológicos ou vasculares.

Um dos medicamentos utilizado pelos médicos para o tratamento desse problema é a Tadalafila. Conheça um pouco mais sobre ele a seguir.

O que é Tadalafila?

Tadalafila O que é para que serve e como tomar

A Tadalafila é um medicamento vasodilatador, ou seja, ajuda na dilatação dos vasos sanguíneos., auxiliando na disfunção erétil. Talvez muitas pessoas não saibam, mas esse medicamento é semelhante ao viagra.

O viagra, tecnicamente chamado de sildenafila, foi criado inicialmente para tratar hipertensão arterial e dores no peito, no entanto, os médicos notaram que o medicamento também ajudava na disposição dos homens, então, começou a ser tratado para disfunção erétil.

A Tadalafila por sua vez, é um medicamento mais atual com princípios ativos mais duradouros.

Para que serve o Tadalafila?

O uso da Tadalafila é indicado aos pacientes homens que possuem sintomas da hiperplasia prostática benigna (HPB) ou estão em tratamento da disfunção erétil.

A hiperplasia prostática benigna (HPB) é o nome dado ao aumento da próstata.

Maiores dúvidas sobre o Tadalafila

Confira quais são as maiores dúvidas sobre esse medicamento a seguir.

Tadalafila precisa de receita?

Não. A Tadalafila pode ser comprado sem a necessidade de receita médica. Porém, seu uso deve ser administrado com cuidado para não gerar riscos e efeitos colaterais.

Tadalafila para musculação?

Ao contrario do que muitas pessoas acreditam, a Tadalafila não é um suplemento ou um nutritivo, mas sim um medicamento direcionado para uso específico.

Não existem artigos científicos que comprovam a eficácia do remédio para a musculação. Entretanto, muitas pessoas costumam ingerir o medicamento junto a suplementos para garantir maior dilatação nos músculos e melhor rendimento nos treinos.

Os médicos não recomendam o uso do remédio para a musculação e atestam que pode haver danos colaterais, caso administrado incorretamente.

Tadalafila quanto tempo para fazer efeito?

O medicamento pode começar agir, 30 minutos após a ingestão e durar até 48 horas.

Tadalafila é viagra?

O medicamento é semelhante ao viagra, mas possui componentes melhores.

O viagra já foi muito consumido e é conhecido até hoje, porém a Tadalafila está ganhando não só os médicos como também os pacientes com seus resultados satisfatórios.

A principal característica que diferencia os dois medicamentos é o tempo de duração. A Tadalafila pode agir por até 48 horas. Outro fator é em relação aos danos colaterais. A Tadalafila de 5mg pode gerar danos menores ou inexistentes quando comparado ao viagra.

Como tomar corretamente a Tadalafila?

É importante seguir as recomendações de uso de acordo com a bula do medicamento. Veja a seguir quais são.

O medicamento pode ser ingerido nas doses 2,5 mg, 5 mg 10 mg e 20 mg. A administração irá depender do caso e do tratamento do paciente, entretanto não deve passar de 20 mg por dia.

Para doses diárias é recomendado ingerir 5 mg. Porém se a dose for apenas por demanda pode ser ingerido 20 mg. O horário de ingestão do medicamento é opcional. Pacientes que queiram ter relações, recomenda-se tomar um comprimido 1 hora antes.

Já os pacientes que estão em tratamento por outro motivo, podem decidir o horário junto ao médico.

Tadalafila e seus efeitos colaterais

Como todo medicamento, a Tadalafila traz um grande benefício aos homens, mas também pode ocasionar efeitos colaterais. Essa droga possui um perfil de segurança elevado e seus danos não são muito preocupantes.

É importante ressaltar que as doses maiores gerarão efeitos maiores porém em um curto espaço de tempo. Já as doses menores, administradas todos os dias, darão um efeito menor, porém, mais duradouro.

Um dos principais efeitos colaterais ocasionados em grandes doses é a dor de cabeça. Outro efeito que pode gerar desconforto é a vermelhidão na face, denominada, rubor facial.

Em virtude também da vaso dilatação, alguns pacientes podem sentir congestão nasal e coriza nasal. Existem outros efeitos, também, muito comuns, como dor nas pernas e dor lombar.

Caso você tenha qualquer incomodo mais sério, procure seu médico.

Gostou do nosso conteúdo? Deixe nos comentários quais dúvidas você ainda tem sobre o medicamento. Compartilhe com os amigos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *