Skip to main content
Dieta Cetogenica O que e Cardapio Alimentos Permitidos e Como Fazer

Dieta Cetogênica: O que é, Cardápio, Alimentos Permitidos e Como Fazer

Você já ouviu falar da dieta cetogênica? Sabia que essa dieta foi criada com o propósito de ajudar crianças que possuem epilepsia? Entenda qual o propósito desse tipo de alimentação, pouco conhecida entre as pessoas.

Muitas pessoas buscam pelo corpo perfeito e aderem a dietas com promessas milagrosas, que com o tempo, podem gerar riscos a saúde. Antes de realizar qualquer dieta, é importante ter em mente que nada acontece da noite para o dia, a perda de peso requer foco, paciência e acompanhamento médico.

Hoje vamos falar sobre a dieta cetogênica, uma prática considerada antiga pelos especialistas, mas que pode trazer inúmeros benefícios para a saúde. Ficou curioso? Quer conhecer mais sobre essa prática? Então acompanhe nosso guia e saiba tudo sobre essa dieta a seguir.

O que é Dieta Cetogênica?

Dieta Cetogenica O que e Cardapio Alimentos Permitidos e Como Fazer

Ao contrário da maioria das dietas classificadas como hipocalóricas, onde é preciso contar as calorias, a dieta cetogênica é classificada como metabólica, ou seja, irá influenciar no metabolismo das pessoas, principalmente nas pessoas que possuem o metabolismo lento ou possuem resistência a insulina.

O nome “cetogênica” significa cetose, uma espécie de molécula do nosso corpo que ajuda a queimar gordura através da ruptura de ingestão de carboidratos.

Engana-se quem acha que a dieta cetogênica é algo recente, ela foi criada na década de 20 como alternativa para ajudar pacientes que sofriam com crises convulsionais. Devido a diminuição de insulina no sangue, principal nutriente do cérebro, os especialistas notavam que as crises diminuíam.

Foi assim que ela passou a ser usada em pacientes e posteriormente recomendada para pessoas que desejavam perder peso e queimar gordura. Quer saber como a dieta cetogênica funciona no nosso organismo? Então confira nosso próximo tópico.

Dieta Cetogênica: Como funciona?

O conceito é simples e funciona da seguinte forma: Quando não há mais açúcar no nosso corpo, proveniente principalmente dos carboidratos, o fígado começa a produzir os chamados corpos cetônicos para gerar energia e preservar as células do corpo, em consequência dessa ação, o organismo começa a buscar a gordura corporal como forma de energia. O resultado desse processo é a perda de peso e gordura.

Como Funciona a Dieta Cetogênica

O diferencial dessa dieta é que você emagrece sem perder músculo, pois como explicamos acima, os corpos cetônicos preservam as células e músculos do corpo. Dessa forma, evita-se o famoso efeito sanfona.

Benefícios da Dieta Cetogênica

Como dissemos anteriormente, a alimentação cetogênica, não é apenas uma simples dieta com o único intuito de perda de peso, ela melhora nosso organismo e gera maior qualidade de vida.

Quer saber quais são os principais benefícios desse tipo de dieta? Então confira nossa lista a seguir.

1. Ajuda na perda de peso

O primeiro benefício e claro objetivo principal da dieta, é a perda de peso. Devido a restrição de carboidratos, como explicado acima, o organismo utiliza a gordura do corpo como fonte de energia e dessa forma ocorre a perda de peso.

2. Ajuda na gordura abdominal

Ainda, devido a utilização da gordura corporal como fonte de energia, a chamada gordura visceral, localizada principalmente na região do abdômen, tende a diminuir. Além de um resultado estético satisfatório, a perda de gordura visceral contribui também para a saúde, pois previne doenças cardiovasculares.

3. Reduz os níveis de triglicerídeos

Os triglicerídeos são definidos como moléculas de gordura do corpo que, em níveis altos, podem ocasionar AVC e doenças cardiovasculares. A dieta cetôgenica por sua vez, contribui para a diminuição desses níveis, devido a restrição de carboidratos e utilização da gordura corporal como fonte de energia.

4. Ajuda no aumento dos níveis de HDL

Outro benefício da dieta cetogênica é o aumento dos níveis de HDL no corpo. O HDL é conhecido popularmente como o colesterol “bom”, ele ajuda a manter o corpo saudável e eliminar o colesterol “ruim” do organismo.

5. Controla o açúcar no sangue

Esse tipo de dieta é ótima para quem possui diabetes, pois, devido a eliminação de carboidratos na alimentação, o organismo não necessita tanto de insulina e dessa forma, os níveis de açúcar são controlados mais facilmente. Lembre-se de sempre buscar um profissional capacitado para lhe auxiliar.

6. Diminui a pressão arterial

Devido a diminuição da insulina no sangue, a pressão arterial também é reduzida, eliminando assim, riscos a saúde, como acidentes vasculares cerebrais, doenças cardíacas, entre outros.

7. Reduz a síndrome metabólica

A síndrome metabólica, é basicamente um conjunto de fatores que aumentam os riscos da pessoa contrair doenças como diabetes, doenças cardíacas e derrames. Devido a diminuição de insulina no sangue, a síndrome metabólica também é reduzida.

8. Melhora a estrutura LDL

O LDL é conhecido popularmente como colesterol “ruim”. Ele tem a função de levar partículas de gordura do fígado e de outros locais para as artérias. Porém, é preciso tomar cuidado pois quando os níveis estão elevados e há um aumento da circulação LDL, é perigoso que haja entupimento dos vasos, ocasionando nos piores casos, em infarto ou acidente vascular cerebral. A dieta cetogênica, por sua vez, ajuda a diminuir esses níveis, diminuindo por sua vez, o risco de doenças.

9. Auxilia quem possui transtornos cerebrais

De acordo com estudos publicados pela The Lancet Neurology em 145 crianças que possuem epilepsia, foi observado que 38% das crianças tiveram uma diminuição nas convulsões, devido a dieta cetogênica. Dessa forma, é possível provar que a dieta pode ajudar crianças que possuem essa doença. Entretanto, é necessário sempre buscar um acompanhamento médico.

10. Diminui o apetite

O último benefício da nossa lista e não menos importante, é diminuição do apetite. Sim, a dieta cetogênica, diminui aquela sensação de fome tão temida pelas pessoas que fazem dieta. Isso acontece porque a ingestão de gorduras boas, juntamente com a ingestão de proteínas e a diminuição de carboidratos, provoca uma saciedade por mais tempo, ocasionando facilmente a perda de peso e o bem estar.

Dieta Cetogênica emagrece

Sim. A dieta cetogênica é capaz de causar emagrecimento de forma rápida, claro com acompanhamento de um especialista e em conjunto com diversos fatores como mudança na rotina e a prática de exercícios físicos.

Dieta Cetogenica O que e Cardapio Alimentos Permitidos e Como Fazer

Essa dieta tão recomendada pelos especialistas, se baseia em uma alimentação rica em proteínas e gorduras boas, eliminando os carboidratos do dia dia. Dessa forma, o organismo utiliza a gordura corporal como fonte de energia, eliminando aquelas gordurinhas indesejadas e os quilos a mais.

Como fazer a Dieta Cetogênica?

Antes de começar qualquer dieta, é importante consultar um especialista para lhe auxiliar e acompanhar com toda a segurança. Fazer dietas sem acompanhamento médico pode trazer riscos a saúde.

Em resumo, para realizar uma dieta cetogênica, é necessário eliminar ou pelo menos restringir o consumo de carboidratos e aumentar o consumo de proteínas. Existem diversos tipos de dietas cetôgenicas, a ideal para cada pessoa dependerá de alguns fatores como peso, altura, objetivos, problemas existentes, entre outros. Por isso, procure sempre um profissional especializado antes de iniciar essa dieta.

Para maior facilidade criamos algumas dicas que irão te ajudar a começar e realizar a dieta cetogênica, veja a seguir.

1. Elimine alimentos proibidos na dieta cetogênica

A primeira dica é eliminar tudo que está proibido na alimentação, como carboidratos de toda espécie e produtos que possuem muito açúcar ou industrializados, dessa forma, será mais fácil seguir a alimentação imposta.

2. Tenha foco na dieta

Assim como qualquer outra dieta, é preciso ter foco no seu objetivo. Evite recaídas ou alimentos que não são permitidos. Dessa forma, você chegará ao resultado desejado mais rápido.

3. Tome muita água

Dieta Cetogenica O que e Cardapio Alimentos Permitidos e Como Fazer

Se hidratar é fundamental para obter qualquer resultado, a água ajuda a equilibrar os níveis no nosso organismo, mantém os órgãos funcionando corretamente além de eliminar qualquer microrganismo ruim ou indesejado. Consulte seu nutricionista para saber a quantidade ideal de água que você deve ingerir por dia.

4. Pratique exercícios físicos

A prática de exercício físico regular, é essencial para a perda de peso em menos tempo. Além de contribuir com a estética, os exercícios geram mais disposição e mantém nossos órgãos funcionando corretamente.

5. Tenha acompanhamento médico

Por último e não menos importante, tenha sempre um acompanhamento médico, não só para a dieta cetogênica, mas também para qualquer outro tipo de alimentação restrita.

Dieta Cetogênica: Cardápio

É importante deixar claro que a dieta cetogênica não é indicada para pessoas que não possuem uma alimentação saudável. Caso você se enquadre nesse grupo e deseja fazer esse tipo de dieta, é importante começar aos poucos. Busque um profissional nutricionista para lhe auxiliar nesse processo.

Quanto ao cardápio, existem diversas opções possíveis, a escolha ideal para a ingestão de cada alimento permitido irá depender dos alimentos que você possui em casa, seus gostos e necessidades.

Cardápio 7 dias da Dieta Cetogênica

Criamos um cardápio de 7 dias, com café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar para você entender como a dieta cetogênica funciona no dia a dia.

Lembrando que o cardápio apresentado é apenas um exemplo das inúmeras combinações possíveis. Busque um, nutricionista para montar um cardápio ideal para você.

Segunda-feira – Dia 1

  • Café da Manhã: 2 Ovos mexidos com 2 fatias de queijo e um copo de suco de morango sem açúcar.
  • Lanche da Manhã: 1 porção 200g de nozes ou castanhas.
  • Almoço: 2 filés de frango grelhado com salada de couve temperado com azeite.
  • Lanche da Tarde: Shake de leite de coco e cacau.
  • Jantar: Salmão grelhado com salada de alface temperado com azeite de oliva.

Terça-feira – Dia 2

  • Café da Manhã: 2 Ovos mexidos com peito de peru e manteiga.
  • Lanche da Manhã: 1/4 de abacate.
  • Almoço: Patinho grelhado com brócolis e salada de repolho roxo temperado com azeite.
  • Lanche da Tarde: 1 taça de gelatina sem açúcar com duas colheres de creme de leite fresco.
  • Jantar: Frango grelhado com salada de rúcula e tomate cereja.

Quarta-Feira – Dia 3

  • Café da Manhã: 1 xícara de café sem açúcar + Ovos mexidos com manteiga e bacon.
  • Lanche da Manhã: 1 porção de macadâmias ou uma porção de frutas permitidas, como morango, coco, entre outros.
  • Almoço: hambúrguer orgânico sem pão + abacate + salada de espinafre e brócolis.
  • Lanche da Tarde: Suco de coco com morango sem açúcar + fatias de queijo.
  • Jantar: 2 filés de lombo suíno assado com alecrim e limão se preferir + salada de acelga e alface roxa.

Quinta-Feira – Dia 4

  • Café da Manhã: 2 ovos fritos com manteiga e queijo + uma xícara de café com leite sem açúcar.
  • Lanche da Manhã: 1 colher de sopa de pasta de amendoim + 10 framboesas.
  • Almoço: Macarrão de abobrinha com almondegas e queijo parmesão.
  • Lanche da Tarde: 10 morangos + 10 castanhas de caju.
  • Jantar: Salmão + aspargos + abacate e azeite.

Sexta-Feira – Dia 5

  • Café da Manhã: Vitamina de abacate com leite de amêndoas + 1/2 colher de linhaça.
  • Lanche da Manhã: 1 porção de amêndoas + 3 fatias de abacate.
  • Almoço: Frango acebolado na manteiga + salada de alface e brócolis + 5 castanhas de caju com azeite e parmesão.
  • Lanche da Tarde: 2 ovos fritos feitos na manteiga com queijo coalho e um copo de suco de coco.
  • Jantar: Frango grelhado com pimentões e tomates + abobrinha e salada de alface.

Sábado – Dia 6

  • Café da Manhã: Omelete feito com recheio de legumes + 2 colheres de linhaça + 1 copo de suco de coco.
  • Lanche da Manhã: 10 framboesas + 5 avelãs.,
  • Almoço: frango com queijo + salada de alface + 1 copo de suco de morango.
  • Lanche da Tarde: Vitamina de morango com leite de coco + 5 nozes.
  • Jantar: Salmão acompanhado com com espinafre e salada de pepino.

Domingo – Dia 7

  • Café da Manhã: Vitamina de morango com pasta de amendoim e 1/2 colher de linhaça.
  • Lanche da Manhã: 10 castanhas do Pará + lascas de coco.
  • Almoço: Filé de alcatra com aspargos e brócolis.
  • Lanche da Tarde: Vitamina de abacate com coco e 1/2 colher de sopa de chia.
  • Jantar: Ovo mexido com queijo e bacon e espinafre com azeite.

Dieta Cetogênica: Alimentos Permitidos e Proibidos

A dieta cetogênica possui uma alimentação com nutrientes muito restritos, devido a isso, deve ser acompanhada por um profissional capacitado. Confira quais são os alimentos permitidos e proibidos neste tipo de alimentação.

Alimentos Permitidos

Entre os alimentos permitidos, podemos citar as proteínas, como: carnes, frango, ovo e peixes. Além disso, gorduras consideradas “boas” como: azeite, manteiga, banha de porco, óleo de coco, creme de leite, queijos, leite de coco, leite de amêndoas, manteiga de amêndoas e manteiga de amendoim.

Castanhas como: castanha do Pará, amêndoas, amendoim e noz também estão permitidos. Além disso, sementes como: linhaça, chia e girassol, também entram nesse grupo dos permitidos.

Quanto as frutas, apenas as frutas: morango, amora, framboesa, açaí, abacate ou coco, são permitidos. Já em relação aos legumes e verduras a lista é maior: espinafre, alface, brócolis, pepino, cebola, abobrinha, couve-flor, aspargos, chicória vermelha, repolho, couve, aipo ou pimentão podem ser consumidos.

vale ressaltar que, apesar dos alimentos citados acima serem permitidos, as quantidades são restritas. É necessário consultar um profissional para recomendar as quantidades de cada alimento necessárias por dia.

Alimentos Proibidos

Entre os alimentos proibidos na dieta cetogênica, podemos citar todos os alimentos enquadrados como carboidratos, grãos, industrializados e doces. São eles: arroz, macarrão, maisena, aveia, cereais, farinhas, pães, torradas, salgados em geral, todos os tipos de batata, mandioca, inhame, mandioquinha, feijão, lentilha, grão de bico, soja, ervilha, milho e por fim os doces em geral, açúcares, leite e industrializados.

Dieta Cetogênica: Receitas

Quem disse que dieta tem que ser sinônimo de comida ruim? Confira nossas receitas e descubra como fazer lanches deliciosos com alimentos simples e permitidos pela dieta.

Lembrando que é importante consultar seu nutricionista antes de realizar as receitas. Existem dietas cetogênicas que são mais restritas que outras. Confira com seu médico os alimentos permitidos e adapte sua receita.

Pizza Pan Cetogênica

Essa receita é muito simples e fica deliciosa. Veja a seguir.

Para os ingredientes você irá precisar de:

  • 1 xícara de farinha de amêndoas
  • 2 ovos grandes em temperatura ambiente (batidos com um garfo)
  • 6 colheres de sopa de manteiga derretida
  • 1 ½ colher de sopa de fermento químico
  • Orégano a gosto

Siga o passo a passo para o modo de preparo:

  • Primeiro basta misturar todos os ingredientes em um recipiente.
  • Após misturar, despeje a massa na forma.
  • Leve ao forno pré-aquecido a 220°C até que as bordas da pizza estejam bem douradas. Leva em torno de 15 a 25 minutos, dependendo do seu forno.
  • Quando a massa estiver pronta, remova do forno, coloque o recheio desejado.
  • Leve ao forno novamente para gratinar o queijo e pronto.

Muito simples não é mesmo? Faça em casa e deixe nos comentários o resultado.

Panqueca Cetogênica

Sabia que é possível comer panqueca durante a dieta cetogênica? Confira como prepará-la a seguir.

Para a massa você vai precisar de:

  • 2 ovos
  • 2 colheres rasas de sopa de farinha de coco.

Para preparar, basta misturar os dois ingredientes e colocar uma concha por vez em uma frigideira antiaderente.

O recheio é opcional e pode ser feio com os alimentos permitidos na dieta como: morango, framboesa, amora, amendoim, entre outros.

Misto Quente Cetogênico

Já pensou comer um misto quente durante uma dieta? Saiba que é possível, vamos te ensinar a preparar o misto quente cetogênico. Veja a seguir.

Para os ingredientes separe:

  • 2 ovos
  • 1 colher de sopa de requeijão ou cream cheese
  • 1 colher de sopa de queijo parmesão
  • Fermento em pó. 1 colher de chá
  • Uma pitada de sal.

Para preparar o misto quente:

  • Misture os ingredientes em um recipiente
  • Leve ao micro-ondas por 3 minutos
  • Retire, monte o lanche com queijo e peito de peru
  • Leve a sanduicheira normalmente até derreter o queijo e pronto.

Muito simples não é mesmo? Se quiser incrementar seu pão cetogênico, acrescente a massa um pouco de chia ou farinha de coco.

Maionese Cetogênica

Sabia que existe até maionese cetogênica? Confira como prepará-la a seguir.

Para os ingredientes você vai precisar de:

  • 1 ovo
  • 15 g de mostarda dijon
  • 30 ml de suco de limão
  • 250 ml de azeite extra virgem
  • sal e pimenta a gosto

Para o preparo:

  • Bata o ovo, a mostarda, o suco de limão e sal e pimenta a gosto no processador
  • Em seguida, vá acrescentando azeite aos poucos e batendo, até ir formando a maionese
  • Quando a textura estiver homogênea, sua maionese está pronta.

Essa é a base da maionese, você pode incrementá-la como preferir com azeitona, alho ou inserindo salsinha e cebolinha para preparar o molho verde. Muito simples não é mesmo?!

Dieta Cetogênica: Suplementação

Não é uma regra, mas algumas pessoas possuem dificuldades de perder barriga ou peso. Nesses casos, a ajuda de alguns suplementos são bem vindos. Entretanto, é importante buscar um profissional especialista, como um nutricionista, por exemplo, antes de tomar qualquer suplementação. Confira as melhores opções de suplementos para a dieta cetogênica a seguir.

BellaMis

O BellaMis é um composto natural que contém vitaminas, minerais e gorduras boas. Muito indicado para quem está em processo e adaptação da dieta cetogênica. Pode ser consumido por homens e mulheres, no auxilio da redução do apetite e compulsão alimentar.

A dosagem pode variar de pessoa para pessoa mas em geral, é indicado pelos especialistas, a ingestão de até três vezes ao dia. Consulte um médico antes de administrar esse suplemento.

Magnésio

A falta de magnésio pode gerar diversos problemas como: insônia, dores musculares e dores de cabeça. O magnésio é um dos minerais mais importantes para o equilíbrio do nosso organismo e é praticamente essencial na dieta cetogênica.

Potássio e Eletrólitos

Durante a dieta cetogênica, a pessoa perde muita água e glicogênio (a principal reserva de energia do corpo). Devido a esse fato, os eletrólitos (minerais responsáveis por levar a água até as nossas células) também diminuem. A perca desse importante mineral, pode ocasionar caibras, dores de cabeça, fadiga, lesões musculares e nos casos mais graves, até desmaios.

Por isso, é importante ingerir, com o auxilio de um profissional capacitado, algum tipo de suplementação que possui eletrólitos em pó. Existem diversos tipos disponíveis atualmente.

ThermoMis

O Thermo Mis é termogênico natural, feito de fibras e prebioticos, que auxilia no rendimento físico e diminui o cansaço e sensação de fadiga. Esse suplemento também auxilia no controle intestinal e aceleração do metabolismo, por ser rico em fibras.

Antes de ingerir este suplemento ou qualquer outro, é essencial buscar um profissional nutricionista para lhe auxiliar corretamente, sem riscos a saúde.

Gostou do nosso conteúdo sobre dieta cetogênica? Teste nossas dicas e deixe sua opinião nos comentários abaixo. Se puder, compartilhe com os amigos e familiares, Não se esqueça de sempre consultar um profissional nutricionista para lhe auxiliar com segurança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *